TABELAS

SÉRIE A
COPA DO MUNDO
SÉRIE B

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

terça-feira, 22 de maio de 2018


Desabafo do Presidente Robinson de Castro


A atual situação do Ceará na Série A, ainda sem vencer em seis rodadas, resulta em cobrança da torcida. O comando saiu de Marcelo Chamusca e vai para Jorginho, novo técnico. Além disso, cobra-se reforços. O presidente do Ceará, Robinson de Castro, admitiu a "luta", segundo ele, por um lateral-esquerdo, dois volantes, um meia e um atacante pelo lado. A coletiva foi nesta segunda-feira (21), em Porangabuçu.

- Eu prefiro buscar os jogadores que venham para ajudar. Nós estamos tentando trazer esses jogadores. Estamos lutando para isso. Muito, não é pouco. Agora, questionar que eu não quero gastar, não... Reformamos a academia, os aparelhos estão todos novos, a área médica, cozinha, sala de imprensa sendo refeita - afirma.

Robinson, no entanto, detalhou a dificuldade para isso. O Ceará pode trazer nomes de fora do País, e a janela só abre em 6 de junho. Segundo ele, o Ceará não teve renda com bilheteria de jogos. Além disso, neste mês de maio de 2018, o clube afirma ter cerca de 20 mil sócios-torcedores. No entanto, segundo o presidente do Ceará, foram apenas cerca de quatro mil adimplentes em 2017. O que gerou a necessidade, segundo ele, de empréstimos pelo clube.

- Outra coisa, não revelei, mas vou revelar agora. Ano passado, nós passamos o ano inteiro sem bilheteria e sócio-torcedor lá embaixo, três mil, quatro mil sócios (adimplentes). As pessoas falam: 'Ah, mas está cheio de dinheiro agora'. Sim, mas e os compromissos lá atrás? Temos contas em dia e transparência. São declarações de oportunismo barato - declarou.

Robinson de Castro frisou ainda que a chegada de Jorginho pode ser uma oportunidade de fazer render jogadores que nem vinham sendo utilizados. E de dar uma nova cara ao time, que hoje está na vice-lanterna da Série A, com três pontos, no Z-4. O próximo jogo da elite será contra o Grêmio em casa, às 19 horas, e o comando já será de Jorginho no domingo.

- O Jorginho conhece o elenco. Não está do jeito que a gente quer (o elenco), mas há condições de melhorar. Há situações que a gente acha que tem de mudar. Sem dúvida nenhuma, o grupo pode render muito mais. E não pecar em detalhes, sem erros individuais, finalizações, bola na nossa área, erros de marcação. 

Acho que a gente tem de amadurecer. Confiança para voltar a jogar. Está tendo uma pressão externa do torcedor, é uma pressão justa. Mas a gente não pode deixar que a coisa desande e o desespero bata - finaliza.

https://globoesporte.globo.com/ce/futebol/times/ceara/noticia


Lateral Ernandes rescinde contrato com o ceará


O lateral-esquerdo Ernandes não é mais jogador do Ceará. A decisão foi tomada em acordo comum, informou o clube nesta terça-feira (22). O jogador chegou no início da atual temporada e fez 12 jogos pelo clube, sem gols. Agora, o Ceará tem como opções para lateral esquerda Rafael Carioca, Romário e Felipe Jonatan.

O presidente do Ceará, Robinson de Castro, afirmou em coletiva que busca cinco reforços para a Série A do Brasileiro: um lateral-esquerdo, dois volantes, um meia e um atacante pelo lado.

https://globoesporte.globo.com/

domingo, 20 de maio de 2018


Jorginho é o novo treinador do Ceará


Menos de uma hora após a divulgação da demissão de Marcelo Chamusca, o Ceará já acertou com seu novo treinador. Como O POVO antecipou, Jorginho será o novo comandante do Alvinegro para a temporada 2018.

A negociação entre o clube e o treinador foi rápida, o que não é surpreendente, tendo em vista que Jorginho está sem clube desde julho de 2017, quando foi demitido do Bahia após ter disputado 14 jogos, com quatro vitórias, seis derrotas e quatro empates. Um aproveitamento de 38,1%.

Além do Bahia, Jorginho já treinou Vasco, Al-Wasl-EUA, Ponte Preta, Flamengo, Kashima Antlers-JAP, Figueirense e Goiás, além de ter sido auxiliar-técnico de Dunga na Seleção Brasileira, inclusive tendo disputado a Copa do Mundo 2010.

https://www.opovo.com.br/esportes/futebol/times/ceara/2018/05/ceara-contrata-tecnico-jorginho-para-substituir-marcelo-chamusca.html


Marcelo Chamusca entrega o cargo de treinador


Marcelo Chamusca não é o mais técnico do Ceará. A decisão aconteceu na noite deste domingo (20), após mais um resultado negativo do Vovô na Série A do Campeonato Brasileiro.

Este domingo o Ceará foi derrotado por 2 a 1 para o Vitória, no estádio Barradão, pela 6ª rodada do Brasileiro. Com o resultado, o Alvinegro segue com apenas três pontos na competição e na penúltima colocação.

Desde junho de 2017 à frente do time, o treinador foi protagonista na conquista do acesso à Série A, na temporada passada. Além disso, Chamusca também conquistou o Campeonato Cearense deste ano.

O auxiliar técnico Caé Cunha e o preparador físico Roger Gouveia também não fazem mais parte da comissão técnica da equipe alvinegra. Em 64 jogos, Chamusca conquistou 34 vitórias.

http://tribunadoceara.uol.com.br/futeboles/ceara/marcelo-chamusca-nao-e-mais-treinador-do-ceara/


Vozão perde mais uma e se complica ainda mais


O Vitória tem bons motivos para comemorar o domingo de sol em Salvador. No jogo desta manhã, o Rubro-Negro venceu o Ceará por 2 a 1 – gols de Wallyson e Neilton, Wescley descontou – e deu um salto para fora da zona de rebaixamento. Com o resultado, o Leão conseguiu a segunda vitória seguida na competição, pulou para a 10ª colocação com sete pontos ganhos e agora seca os rivais que ainda jogam nesta rodada. Já o Ceará, com mais uma derrota, segue com três pontos ganhos na penúltima colocação do Brasileiro.

PRIMEIRO TEMPO

O Vitória tem um estilo próprio de jogo e já mostrou que não vai mudar. Linhas de marcação no meio de campo – ou atrás dele –, time fechado e à espera de um vacilo do adversário para sair em velocidade. Foi assim na manhã deste domingo. Enquanto o Ceará tocava a bola na tentativa de se infiltrar na zaga adversária, o Rubro-Negro aguardava o momento certo para dar o bote. E foi aos 20 minutos. Em belo passe de Neilton, Wallyson bateu certeiro na saída de Éverson e abriu o placar no Barradão.

SEGUNDO TEMPO

A tônica para o segundo tempo não foi muito diferente. Chamusca tentou mudar o cenário com as entradas de Felipe Azevedo e Hyuri. O Ceará, então, passou a ter ainda mais posse de bola. E mais chances. O Vitória recuou ainda mais e levou o castigo aos 30 minutos. Após cobrança de falta de Juninho, Wescley bateu forte da entrada da área e empatou o jogo. A partir daí, o jogo ficou aberto. Velocidade lá, velocidade cá. Em um desses lances, Éverson derrubou Lucas Fernandes dentro da área. Pênalti marcado e convertido por Neilton. Os três pontos estavam garantidos para o Leão.

PÚBLICO E RENDA

Público: 8.371 pagantes
Renda total: R$ 101.934,00

https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/brasileirao-serie-a/jogo/20-05-2018/vitoria-ceara.ghtml

COLUNISTAS ESPORTIVOS

ALAN NETO
JUCA KFOURI
TOM BARROS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

MAIS NOTÍCIAS

ÁREA PUBLICITÁRIA

Copyright © Time mais querido™ is a registered trademark.

Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.