sábado, 15 de julho de 2017

Vitória do ceará com gols relâmpagos



  • PRIMEIRO TEMPO

    Com um início arrasador, o Ceará não deixou o Juventude respirar e chegou a dois gols rapidamente. Após cobrança de escanteio, Tiago Marques afastou mal e a bola sobrou limpa para Valdo estufar as redes de Matheus. Pouco depois, o goleiro alviverde deu rebote e Elton não perdoou: chutou sem marcação para ampliar o marcador.

    O Vozão tinha a posse de bola e tocava a bola… até que o Alviverde começou a jogar. Com a desvantagem, o time gaúcho acordou e passou a tomar iniciativa do jogo, quase sempre com cruzamentos para a área. Em um desses lances, Tiago Marques cabeceou com muito perigo. No final da etapa, um lance incrível: Juninho bateu cruzado de dentro da grande área e Tiago Cametá desviou para trás, acertando o travessão. 

    SEGUNDO TEMPO

    Se a primeira etapa foi frenética, o segundo tempo deixou a desejar em relação a chances de gol. Com a vantagem, o Ceará passou a valorizar a bola e deixar o cronômetro passar. A partida perdeu velocidade e teve raros lances importantes.

    A melhor chance dos gaúchos saiu aos 22 minutos, quando Tinga chegou a linha de fundo e cruzou bem. Wesley Natã desviou de cabeça e a bola passou rente a trave. No finalzinho, Lelê quase ampliou, ao aproveitar bobeada da defesa do Juventude. 

    COMO FICA?

    Mesmo com a derrota, o Juventude segue na ponta da Série B, com 26 pontos, mas fica atrás do Guarani no número de vitórias (oito contra sete). Na próxima terça-feira, recebe o CRB no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Já o Ceará sobe para sexto, com 21 – a dois pontos do G-4. Na terça-feira, pega o líder Guarani no Brinco de Ouro. 

    LANCE LOUCO 

    Por um detalhe, o Alviverde não conseguiu descontar no final da primeira etapa. De dentro da grande área, Juninho cruzou rasteiro e Tiago Cametá afasta para trás de carrinho. Resultado: quase marcou contra! Sorte do lateral que a bola rebateu no travessão.

    LANCE MALUCO

    No finalzinho do jogo, outro lance curioso. O goleiro Éverson soltou o balão, a bola desviou em Romário e Juan tentou recuar de cabeça para o goleiro. Atento, Lelê se adiantou e ficou cara a cara com Matheus. O atacante tentou aplicar um chapéu, mas o goleiro desviou com a mão e evitou o terceiro do Ceará.
  • http://globoesporte.globo.com/ce/futebol/brasileirao-serie-b/jogo/15-07-2017/ceara-juventude/